Algumas notas sobre o imbróglio dos resultados eleitorais…

Já não escrevia aqui à algum tempo, mas as eleições deixaram isto de tal forma baralhado que tenho vontade de passar a escrito aquilo que muito tenho falado. Até para de futuro poder voltar atrás e olhar para o que estava a pensar agora. As eleições foram ganhas pelo PaF (PSD + CDS). E até … Ler mais

Uma ideia brilhante do PS

A época de gripe deste ano está mais forte do que tem acontecido nos últimos anos. Como tal, consequência imediata, muita gente se dirige aos hospitais, centro de saúde e sap’s para encontrar forma de tratamento. A isto junte-se todos os doentes normais para a época do ano, e o sistema nacional de saúde fica … Ler mais

Tozé (In)Seguro – Um exemplo de (in)coerência

O Partido Socialista, liderado pelo caro Tozé Seguro, foi o partido mais votado nas eleições europeias de passado Domingo. Foi o vencedor,  isso é um facto. Com isso acha que a margem, nem quatro por cento, com que ganhou ao partido que ocupa o governo, é motivo para este ser retirado do seu lugar por … Ler mais

Museu dos Descobrimentos no Porto faz algum sentido?

Deparei hoje com a noticia que havia sido inaugurado o Museu dos Descobrimentos Portugueses. Pareceu-me algo de salutar, até que de repente vi um pormenor: fica no Porto. E fiquei estarrecido. Não tenho nada contra o Porto, e penso que até poderá ser dos melhores lugares para um museu sobre o comércio Português, ou mesmo … Ler mais

Uma sujeira criada pelo PS e uma saída limpa

O estado desastroso em que as finanças do país se encontravam com o PS ao leme obrigaram Portugal a pedir ajuda financeira. Não fosse esta ajuda, e não havia dinheiro para pagar aos funcionários públicos dentro de dois meses. O PS assinou um duro acordo com a última instituição que nos aceitou emprestar dinheiro, a … Ler mais

Camarate: O que quer a RTP esconder?

Atentado Camarate

Em Camarate, faz este Dezembro 34 anos, morreu um Primeiro Ministro de Portugal, tal como outras figuras de estado. Todo este tempo passado, e continua a haver mais dúvidas do que certezas. E a RTP parece preferir que assim fique. Na semana passada esta estação de televisão submeteu um recurso ao Supremo Tribunal de Justiça … Ler mais

Grandes Frases XVI – Francisco Sá Carneiro

Sá Carneiro e Snu Abecasis

“Não há futuro económico e social possível quando o problema principal não é o excesso de consumo privado, com o que nos querem convencer, mas o excesso de consumo público, a monstruosidade das despesas públicas.” Francisco Sá Carneiro

Mais liberdade para se ser não fumador

Houve uma medida do governo de José Sócrates que foi realmente boa. Maior liberdade de escolha em ser ou não fumador. Passaram seis anos com esta lei em vigor. Muita gente fez orelhas moucas. A fiscalização poderia ter sido mais forte. Mas na verdade esta lei vigora. Fazendo o balanço deste tempo o governo apresentou … Ler mais

Grandes Frases XV – P.J. Proudhon

P.J. PROUDHON

Ironia, verdadeira liberdade! És tu que me livras da ambição do poder, da escravidão dos partidos, da veneração da rotina, do pedantismo das sciencias, da admiração das grandes personagens, das mystificações da politica, do fanatismo dos reformadores, da superstição d’este grande universo, e da adoração de mim mesmo. P.J. Proudhon A ortografia usada segue as normas pré-reforma republicana, visto ter usado uma tradução de Eça de Queiroz nas Farpas.

Citações dignas de Menção I

«Podia-se pôr na lei que um candidato a Presidente da República, ou a Presidente de Câmara, ou a um cargo público importante tivesse de fazer testes médicos e psicotécnicos antes de ser candidato. Estou convencido que tivemos governantes em Portugal que teriam chumbado nos testes psicotécnicos, alguns bem recentes. Fazer testes de cultura geral também é muito importante. Criou-se em Portugal clubes políticos, no qual não é muito fácil ser-se sócio, é muito difícil subir lá dentro, e só aquela elite que lá está é que escolhe os candidatos. E, aí, cria-se a distorção do que é realmente a democracia».

D. Duarte de Bragança

Dora a trabalhar no McDonald’s e os Investigadores em Antropologia

Nos anos 80 a cantora Dora chegou ao estrelato com o super hit “Não sejas Mau para Mim”. Era provavelmente a cantora pop com mais mercado em Portugal na altura, mas tomou a decisão de parar uns anos para ser mãe a tempo inteiro. Uma decisão de louvar. Recentemente, e provavelmente com o pé de … Ler mais

Politica em Portugal é o clubismo do futebol

Um dos maiores problemas que temos em Portugal são os partidos políticos. Isto é culpa da forma como estão organizados, e como o próprio sistema eleitoral os beneficia e permite que seja difícil mudar o status quo. O outro problema e grande, é a forma como as pessoas escolhem os partidos que apoiam ou integram.

A Azeitona e o Azeite estão a ajudar Portugal a sair da crise?

Nas alturas de crise, que em Portugal têm sido recorrentes e cíclicas, um assunto que se fala que se tem de mudar algo, mas muitas vezes nada é feito. Uma das coisas que se refere nestas alturas é que Portugal devia produzir mais, e que se tem perdido a capacidade produtiva, mas desta vez parece que uma boa noticia surge, estamos a produzir mais azeitona.

Panteão: Eusébio sim, Salgueiro Maia não!

Muito se tem falado neste ano sobre o Panteão Nacional, e sobre quem deveria ser para lá transladado. Dois dos nomes que têm sido constantemente referidos são os de Salgueiro Maia e o de Eusébio da Silva Ferreira. Concordo com a transladação do segundo, mas não com a do primeiro.

Retorno do Mercado Mensal de Mafra – Uma noticia boa ou nem por isso?

Quando por ordem da autarquia foi suspenso o mercado mensal em Mafra, muita gente publicamente protestou, e muita gente ficou em surdina satisfeito. É um exercício interessante pensar em quais seriam as reacções a uma suspensão destas num momento como o actual, em que as redes sociais agregam muitos mais sectores da população, e em … Ler mais

Miró – A arte como um investimento, um gasto ou uma necessidade

O estado Português tentou vender em leilão, via a gigante leiloeira Christies em Londres, as obras de Juan Miró que detém em seu poder. Estala de imediato a polémica, e entre petições e pedidos de intervenção judicial, a venda foi suspensa, e a polémica aumenta de tom. Mas ao certo que obras são estas, porque é que o estado as tem, e porque as quer vender?

%d bloggers like this: