Eu axo q os alunos n devem d xumbar qd n vam á escola. Pq o aluno tb tem direitos e se n vai á escola latrá os seus motivos pq isto tb é perciso ver q á razões qd um aluno não vai á escola. primeiros a peçoa n se sente motivada pq axa q a escola e a iducação estam uma beca sobre alurizadas.

Valáver, o q é q intereça a um bacano se o quelima de trásosmontes é munto montanhoso? ou se a ecuação é exdruxula ou alcalina? ou cuantas estrofes tem um cuadrado? ou se um angulo é paleolitico ou espongiforme? Hã?

E ópois os setores ainda xutam preguntas parvas tipo cuantos cantos tem ‘os lesiades’, q é um livro xato e q n foi escrevido c/ palavras normais mas q no aspequeto é como outro qq e só pode ter 4 cantos comós outros, daaaah.

Ás veses o pipol ainda tenta tar cos abanos em on, mas os bitaites dos profes até dam gomitos e a malta re-sentesse, outro dia um arrotou q os jovens n tem abitos de leitura e q a malta n sabemos ler nem escrever e a sorte do gimbras foi q ele h-xoce bué da rapido e só o ‘garra de lin-chao’ é q conceguiu assertar lhe com um sapato. Atão agora aviamos de ler tudo qt é livro desde oes até á idade média e por aí fora, qués ver???

O pipol tem é q aprender cenas q intressam como na minha escola q á um curço de otelaria e a malta aprendemos a faser lã pereias e ovos mois e merdas de xicolate q são assim tipo as pecialidades da rejião e ópois pudemos ganhar um gravetame do camandro. Ah poizé. tarei a inzajerar?

Isto e algo que me chegou por email, como sendo de um adolescente do nono ano de escolaridade, de uma escola nacional. Penso que seja apenas uma ficcao, mas de qualquer forma bastante realista, pois como isto esta hoje em dia, pode perfeitamente acontecer.

E em vez de fazer um post grande sobre o facilitismo das escolas, que pensei em fazer, depois do anuncio da taxa de reprovacao mais baixa dos ultimos anos em PT, deixo-vos com um blog novo e interessante, que falou sobre o tema, o Eufemismos

PS: Post em acentos nem c cedilhado por problemas com o teclado

 

1 COMENTÁRIO

  1. Naturalmente este texto é exagerado, mas não me admiro que este tal aluno do 9º ano de escolaridade tenha escrito parte dele.
    Temos é que dar graças a Deus por conseguir preceber o que “eles” escrevem.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.