Foto Original de www.shopblocks.com

Uma pessoa está cansada com dias de trabalho complexos e de repente, prestes a entrar no carro para a jornada até casa, recebe um mail da Uber Eats com uns simpáticos 40% de desconto. Coisa simpática e de repente surge a ideia de fazer um pedido ao Indiano do costume em vez de comer aquilo que se havia alinhavado.

Rapidamente se clica no Peça agora e começa a formar-se o jantar que a família irá consumir em breve no conforto do lar, e sem grande trabalho.

Um par de pratos, um sempre apetecível pão nan, o sempre necessário arroz e vamos directos ao check out.

Tudo isto somado dá uma quantia de 29,60€. Ou seja uns 18 euros mais coisa menos coisa com os tais 40% de desconto do vale.

Sigo para aplicar o tal vale que foi enviado e recebo esta simpática mensagem.

Estes detalhes mudam muita coisa. É que de repente os 40% de desconto, ao serem aplicados sobre o valor dariam cerca de 12 euros de desconto. Assim sendo dão apenas 10€. Dois euros não é muito, mas fui levado para uma campanha, onde podia ter pedido um jantar para cinco ou seis, e de repente os meus 24% de desconto podiam acabar em 10% ou mesmo 5% dependendo do valor total da factura.

Confiante que mais uma vez não tinha visto na totalidade as letras pequenas de um email e tinha caído no mais velho truque da publicidade lá fui de novo ao mail ver com atenção todo o texto.

Não há aqui nenhuma referência a limites, nenhum asterisco, nenhumas condições gerais a considerar. A única coisa que podem achar que tem alguma espécie de defesa será mesmo a tal frase a meio que diz duas refeições pelo preço de uma. Tendo em conta que no pedido só estavam dois pratos principais, e mesmo assim num restaurante barato e sem grande preço médio, isto poderá ser considerado como a indicação de um limite de 10€ de desconto?

Quanto a mim não. Poderá não ser legalmente publicidade enganosa, mas que para mim o é, disso não tenho dúvidas. No entanto a promoção era acabava por não ser assim tão má, e já tinha o miúdo em casa aos saltinhos pelo nan de queijo, e no fim do dia ganhou a publicidade enganosa. Hipocrisia? Talvez, mas acaba por ser assim a vida.

Deixar uma resposta