Rio Tinto – Tapas em Altura Algarve

Desde que abriu em 2020 que o restaurante Rio Tinto em Altura nos chama a atenção. Sempre bastante composto em termos de lotação, mas parecendo cumprir os limites de cada estado da pandemia, e com uma carta que aparenta ser bem melhor que a Hamburgueria Amador, que antes ocupava o espaço.

Estando a menos de 200 metros da Praia de Altura parecia o sítio ideal para umas tapas de almoço pós praia, e foi isso que recentemente decidimos experimentar.

O espaço é claramente agradável, e a explanada boa, o que desde logo é um extra. Mal chegou a carta, e ainda antes de a observar com grande cuidado, pedimos para sair um hamburger kids, para o nosso filho de 6 anos ser despachado primeiro, visto não ser tão rápido a comer.

Com despachado lá se observou a carta, extensa, composta por uma boa variedade de tapas, alguns pratos tipicos portugueses (por muito que um bacalhau com broa ou francesinha me façam pouco sentido num espaço destes) e umas sandes, tostas e saladas (estas três sim super lógicas para o espaço em causa).

Decidimos ir por uma ronda de tapas, começando num Chevre com Mel e Amendoas, tempura de Frango com Molho de Soja, Ovos Mexidos com Alheira e Pataniscas de Polvo. E como vinha assinalado no couvert um paté e atum, presunto, azeitonas, pão e tostas pedimos também para acompanhar. Isto depois de frisar duas ou três vezes que não deveriam vir as azeitonas, pois nenhum de nós as come.

Bebidas

Para beber a imagem de uma nova Lager da Super Bock, com flor de sal de Tavira e Alga Kombu, chamou-me à atenção, e foi logo pedida. A Vera preferiu uma Sangria Branca, ao copo, cuja prometendo alguma frescura.

A cerveja era realmente boa, aquele gosto de cerveja artesanal mas mantendo a leveza de uma Lager, ao mesmo tempo que denotava umas notas a mar. Claramente para repetir e a experimentar junto de um peixe grelhado ou sushi. Já a sangria não convenceu. Em vez de algo refrigerante aparentava ter sido feita com água tónica e, por muito que gostemos de Gin, neste conjunto o amargor trazido pela tónica não combinava mesmo.

Chevre com Mel e Couvert

O primeiro a chegar à mesa foi o Chévre com Amendoas e Mel. Uma fatia grossa de queijo de cabra, gratinado e com mel e amendoas, picadas muito finamente e generosamente.

Queijo Chevre com Mel e Nozes - Restaurante Rio Tinto, Altura Algarve
Queijo Chevre com Mel e Nozes – Restaurante Rio Tinto, Altura Algarve

Não estava mal, apenas achei que faltava alguma acidez para equilibrar, mas no geral um prato bem conseguido. Talvez se a quantidade de alecrim tivesse sido maior teria sido logo feita a diferença.

Veio a acompanhar um cesto de tostas de compra, o que juntando a outra quantidade que veio posteriormente com o couvert se revelou claramente exagerado. Mas antes a mais que a menos.

Aquelas azeitonas que dissémos que não faziam falta vir com o couvert? Bem, o empregado só reparou depois de já as ter colocado na mesa. O resto do couvert era composto por um presunto decente e um paté de atum, que na realidade parecia mais a pasta de atum que provavelmente usarão nas tostas. Sem ser mau, não impressionou.

Couvert – Restaurante Rio Tinto – Altura, Algarve

Hamburger Kids e Tempura de Frango

“Tempura” de Frango com molho de Soja – Restaurante Rio Tinto, Altura Algarve

Somos fãs de comida asiática, e como tal uma tempura é sempre algo que estamos dispostos a pedir. Normalmente vemos mais as de camarão ou de legumes, mas mesmo as de frango já não seria a primeira experiencia.

Claro que quando chegou ficámos logo desiludidos ao constatar que o molho de soja que vinha prometido era mesmo literal, e era apenas um pouco de soja directamente da embalagem, vá com a adição de uns aparos de cebolinho. Esperava mais, nem que fosse uma pequena redução como é hábito nestes casos, mas era o que estava escrito no entanto.

O que era contrário ao que estrava escrito era a tempura. Tempura é, como sabemos, um polme que envolve algo e depois é frito a alta temperatura. Isto na realidade era frango panado, mesmo que tenha usado pão ralado japonês panko.

Passaria apesar de tudo caso estivesse minimamente suculento, mas não estava. Seco, muito seco mesmo, o que impediu ser minimamente agradável.

Hamburger Infantil – Restaurante Rio Tinto, Altura Algarve

Finalmente chegou o prato de criança, que relembrando foi pedido antes de tudo o resto para facilitar a refeição do mais novo que não é propriamente rápido.

O aspecto não era mau, e até vinha de forma generosa. As batatas fritas, pré-fritas congeladas, não eram más e estavam bem temperadas.

O hamburger esse sim parecia “de talho”, mas estava demasiado bem passado, e mais uma vez seco. Tal como o pão que foi passado em demasia na tosteira, o que o tornou demasiado torrado e seco.

A criança não se queixou, mas claramente que ficou a aquém, mesmo que barato.

Ovos Mexidos com Alheira e Pataniscas

Ovos Mexidos com Alheira – Restaurante Rio Tinto – Altura, Algarve

A dose de ovos mexidos era generosa, e a fatia de broa na base bem torrada. Os temperos estavam bem, e apenas a textura estava um pouco fora por parecer que tinham sido usados ovos de pacote, em vez de ovos mesmo abertos na hora.

Percebo por uma questão de preço, mas preferia uma dose com metade do tamanho, o mesmo preço, e ovos reais. Ficava com uma textura melhor, e claramente que ganhavam todos com isso.

Pataniscas de Polvo – Restaurante Rio Tinto, Altura Algarve

As pataniscas de polvo foram no entanto o pior de tudo. Das cinco que vieram três não foram comidas. A textura completamente fora do sítio, e até vinham mal cozidas, completamente liquida por dentro.

Muito pimento, muito pouco polvo, e uma massa que parecia ter sido congelada e descongelada, ou então de pó a que foi acrescentada água, falhou por completo.

Conclusões

Olhámos para outra mesa onde pediram duas tostas e claramente que pareceram bem melhor do que comemos. As tapas falharam em demasiados aspectos para poderem ser consideradas uma opção.

Os preços são simpáticos, para as doses muito generosas, mas sinceramente penso que o caminho não é este. Acabou por ser demasiada comida, e podiam ter avisado que as doses eram grandes que tinhamos pedido menos, e com qualidade claramente duvidosa.

Se tivesse sido metade de cada dose, bem confecionada, pelo mesmo preço teriamos ficado clientes.

No entanto para umas tostas, ou saladas, até com aquele “paté de atum” como recheio de uma tosta, parece-me algo viável, e um conceito que pode resultar. Como tapas e pratos no entanto falhou.

REVIEW OVERVIEW

Comida
Espaço
Serviço
Preço

Sumário

Poderá ser uma alternativa para uma refeição rápida para uma saída da praia, mas dificilmente poderá ser mais do que isso com os erros de confecção apresentados.
Vê a minha história gastronómica na Zomato!
Vê a minha história gastronómica na Zomato!

Artigos relacionados